sexta-feira, 12 de novembro de 2004

Arafat

Estava vendo na TV hoje de manhã o enterro do líder palestino Yasser Arafat. Um negócio surpreendente. Milhares de pessoas se empurrando e gritando, cercando o helicóptero. Ninguém conseguia segurar a massa. O pessoal da guarda palestina não conseguia colocar um mínimo de organização pra conseguir fazer o cortejo. Tentavam abrir caminho atropelando a população, sem nenhuma cerimônia. E uma interminável saraivada de tiros pro alto (os caras são doidos; tudo que sobe, caí..), e uma ode de gritos de "Arafat!.." sem parar. Foi uma das cenas mais surpreendentes que eu já vi. E também uma das cenas mais irracionais.. assim como aquelas cenas dos tanques israelenses derrubando casas e mirando civis palestinos. Tudo ali era instinto e emoção. Assim como as razões desse conflito besta, onde os dois lados batem no peito e deixam o cérebro de lado.
Aliás, estava vendo hoje na internet e meu pai já havia comentado comigo. O pessoal está com uma suspeita forte de envenenamento. Se isso for provado aquilo lá vai virar um inferno e a coisa vai descambar de vez. Pelo menos o nosso amiguinho "Sir" Tony Blair está tentando compensar a cagadinha política que fez ao apoiar a invasão do Iraque e tá tentando recriar um plano de paz pra região. Segundo os ingleses, eles querem uma recompensa por ter apoiado os EUA na guerra. Seria a vez deles. Quero ver mesmo se eles têm essa moral toda com Walker Bush, "the cowboy".. hehe..

Um comentário:

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

Bem, eu fiquei meio emocionada vendo a adoração do pessoal pelo Arafat, algo como o lider que tanto lutou pelo seu povo e tal... (eu sou meio "romântica" nesses casos rsss) e se for envenenamento... ixi, o negócio vai pegar fogo mesmo! mais do que já pega... Bush no poder, Arafat envenenado... nossa, tô ficando com medo!!!
beijos medrosos!