sábado, 11 de dezembro de 2004

"jus postulandi"

Finalmente.. desde o final da tarde desta sexta-feira passada eu sou oficialmente advogado.
Poxa, durante a cerimônia estava refletindo. Relembrando de mim mesmo no começo de 1999: "Será que lá em 2003, 2004 eu serei um advogado? Será que vou conseguir? Já pensou?".... e hoje estou aqui. Formado, com o poder constitucional de postular em juízo. Enfim, aquilo que a própria Carta Magna denomina como um agente essencial à administração da Justiça.
Agora estou num ponto de encruzilhada, e com outros desafios. O que farei da vida?.. Vou atrás dos escritórios e tento começar do zero, trabalhando como um "escragiário" de luxo? (esses dias estava passeando pela comunidade da OAB na orkut e tem advogado com especialização e com 6 anos de experiência procurando trabalho!.. desanima..) ..ou parto de vez para os concursos mais "pesados", descolando um emprego temporário pra sobreviver (e ajudar em casa) esperando pelo belo dia que poderei me tornar um agente público e gozar de um mínimo de estabilidade profissional?
São as variáveis... mas a verdade é que não tenho muitas opções. Não posso deixar as oportunidades passarem, como já deixei outras vezes. Não posso me acomodar, como já fiz várias vezes. Tenho que aproveitar que estou com as cartas boas na mão e joga-las na mesa.. sem medo de perder o jogo.

4 comentários:

Anonymous disse...

Vou ser sincero: eu não sou muito fã de advogados! Mas como hj acordei de bom humor e o Santos será o futuro bi-campeão brasileiro... meus PARABÉNS! ahahahahahaha... o fato é que 2004 vai entrar para a história pelo excessivo e impressionante números de amigos(as) que se formaram na faculdade... pelas minhas contas vc já é o oitavo ou mais!
[]'s
Thiago Ocampo

Cristina disse...

Alex, essas dúvidas tomam conta de todos qdo se formam, é inevitável.
E eu que ando pensando que fiquei na faculdade 4 anos à toa. Credo! que desânimo!
Mas pense assim: "ano novo, vida nova". É clichê, mas ajuda a manter o pensamento positivo! ;]
beijos!

Caroline Witt disse...

eh a vida e suas dúvidas...

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

Bem, como a Cris mesmo disse, todo mundo acaba ficando pensando assim, eu mesma já pensei que o curso que fiz não me tem utilidade nenhuma, mas estou começando a acordar pra vida ehheheh pensando melhor...
você tem um grande diploma nas mãos! você pode ver que existem milhões de advogados procurando emprego, mas tem que ver se são competentes mesmo... e os outros 90% de formandos que não passaram na oab? esses então, coitados...
Alê, você vai ver como essa encruzilhada é passageira - mas não se engane: a vida está cheia delas - você fará a melhor escolha nessa, com certeza!
Parabéns pela conquista!beijo!