segunda-feira, 27 de dezembro de 2004

quem te viu, quem te vê...

Eu encontrei isso num canto de página da Folha de S. Paulo, a mesma que "soltou os cachorros" encima da nossa cara Marta Suplicy. Interessantíssimo como esses dados não apareceram durante o período eleitoral.. hehehe.. e olha que esse é o meu meio de informação preferido...
Bom, eles deixam num canto de página, mas eu vou colocar na página principal do meu blog. Contra-informação é o que há, meu caro(a)!.. hehehe..
-------------------------------------------------
Prefeitura beneficia mais famílias


DO ENVIADO ESPECIAL
Os programas sociais Renda Cidadã e Viva Leite, do governador Geraldo Alckmin (PSDB), atendem menos do que o Renda Mínima e o Leve Leite, da Prefeitura de São Paulo, que até o dia 31 é administrada por Marta Suplicy (PT).
De acordo com a Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, 60 mil famílias são beneficiadas pelo Renda Cidadã. Cada uma recebe R$ 60 mensais. No próximo ano, outras 40 mil deverão se somar, oriundas do Alimenta São Paulo (distribuição de cestas básicas), que será desativado gradativamente.
O Renda Mínima, da Prefeitura de São Paulo, atende, de acordo com a Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade, a 178 mil famílias, com um complemento médio de R$ 120, segundo a prefeita Marta Suplicy.
Neste ano, enquanto o Estado reservou R$ 43,2 milhões para o pagamento do benefício, dos quais R$ 39,5 milhões haviam sido gastos, a prefeitura tinha uma dotação de R$ 187,6 milhões, mas, até a semana passada, foram pagos R$ 148,9 milhões. O Estado tem uma população de 37 milhões de habitantes, enquanto a capital abriga aproximadamente 10 milhões de pessoas.
Leite
Na distribuição de leite, o programa municipal também é mais abrangente que seu similar promovido pelo Estado. A assessoria de imprensa da Secretaria do Abastecimento da Prefeitura de São Paulo informou que são atendidas 970 mil crianças. Cada aluno das escolas de ensino fundamental recebe dois quilos de leite (o produto é fornecido em pó; cada quilo dá para fazer, segundo a secretaria, 7,7 litros de leite); os da escola de ensino infantil e creche recebem um quilo.
A prefeitura gasta aproximadamente R$ 90 milhões por ano com o programa, que é mantido durante o período escolar. O 1,4 milhão de quilos distribuídos mensalmente é suficiente para 10,7 milhões de litros por mês, ou 97 milhões de litros por ano.Já o Viva Leite, da Secretaria Estadual da Agricultura, deve atender neste ano a 740 mil pessoas, a um custo de cerca de R$ 147 milhões. Segundo dados do Sigeo (Sistema de Gerenciamento da Execução Orçamentária), disponíveis aos deputados na Assembléia Legislativa, o governo do Estado já gastou R$ 131,7 milhões desse valor. O produto é servido in natura, e não em pó, como faz a prefeitura. O Estado deverá distribuir neste ano 130 milhões de litros de leite tipo C, com teor de gordura mínimo de 3%, enriquecido com ferro.
A Prefeitura de São Paulo não tem um programa similar ao Alimenta São Paulo, que distribui cestas básicas a famílias carentes.
(FSP - 27/12/2004 - caderno Brasil - http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2712200403.htm)

4 comentários:

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

A Folha é má, boba, cabeça de melão e feia! rsss
Falando sério... agora eles perceberam que as coisas aconteciam... será que estão tentando se redimir aos olhos de alguns dos seus leitores que devem estar querendo parar de assinar o jornal? rss
Bem, sei que o cara feio, mal, burro, sujo, cabeça de ovo... vai tirar tudo isso... o CEU já era... virará inferno eheheh
beijo!

Liana disse...

Alex..
Concordo com a Regina, pobre do nosso povo, que tal fazer um novo "Pasquim" e botar a boca no trombone, aí podemos tornar públicas essas contradições, imagine você ler um jornal com duas matérias: com uma data x dizendo cobras e lagartos e publicar a outra matéria ao lado elogiando...(com a mesma fonte) é... ia ser do balacobaco!!!!

Caroline Witt disse...

afff! tah tudo podre msm... tsc, tsc! :oP
mas a idéia acima de ressuscitar o Pasquim é interessante, pô, eu gostava do jornal. ^.^"

Anonymous disse...

Isso só vem provar que o jornalismo brasileiro influencia de forma anti-ética a opinião do povo! por isso eu digo q nada melhor do que agir pelos seus próprios julgamentos!
[]'s
Thiago Ocampo