quinta-feira, 2 de dezembro de 2004

Viola, minha viola...

Hoje finalmente tomei vergonha na cara e levei meu violão pro concerto.
Descobri que uma pessoa aqui perto fazia o "remendo". Uma casa simples, com um anúncio discreto, escrito numa tinta amarela opaca junto à maquete de um violão antigo. Aperto a campainha e surge um senhor, com certeza com mais de 70 anos, bem simpático... olha pro violão e sentencia: "Isso é simples, já vi coisas bem piores.." (meu violão está com o braço quebrado; e as cordas estão em péssimo estado). Pensa um pouco e diz o preço: "faço por 50 reais pra você.."
Sinceramente, não achei caro. Ainda mais levando em conta os preços atuais dos violões. Se o meu voltar a tocar, mesmo que com uma desafinação congênita, já está bom. Ando sentindo falta das dedilhadas toscas que fazia antigamente, tentando sem sucesso tocar alguma coisa. Quem sabe agora a coisa não desanda de vez.. hehe.
Antes de sair, ele saca um cartão de visitas ("Simon Moreno - Especialista em Reforma de Violões - rua Germânia, 627 - Bonfim, Campinas - SP - tel. 3241-2625 - 'Seu violão novo de novo') e encerra: "não se preocupe, faço isso a 44 anos...".
Eu me senti um blastócito... hehehe.

3 comentários:

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

o que é blastócito?? rssss
você toca violão ou só engana mesmo? rss
eu tenho um, era da minha tia, ela tinha um namorado que tocava, o namoro acabou e o violão veio parar aqui... sempre falei de aprender - meu irmão tb - e nunca colocamos em prática...
beijo e boa sorte como violeiro! ahahha
(tião carreiro? ahahuauauauahaah)

Cristina disse...

Ei, era mesmo isso que eu ia perguntar: o que é um blastócito?
;]

capucciiiiinno!!! (hehe)

Caroline Witt disse...

eh, neh?