quarta-feira, 2 de fevereiro de 2005

onde estão os irmãos gallagher?!?!



(são esses daqui...)


Essa "questã" anda me atormentando esses dias.. hehehe. Podem me chamar de saudosista precoce ou o escambau, mas eles estão fazendo falta. Não sei se eu estou ficando maluco, mas o dito "cenário musical" do rock/pop no ano passado (e nesse ano tb, até agora) está muito morno e chato. Um revival dos anos 80 anda tomando conta de tudo. Com exceção de Franz Ferdinand (que apesar de ter muitas referências dos anos 80, trouxe algo novo e "refrescante" na música deles) e Jet (que "bebem" diretamente no Oasis e não escondem isso; por isso gosto dos caras.. hehehe), só tem banda dessa época ressurgindo ou influenciando diretamente as bandas novas.
Vejamos:
The Cure - levei um susto qndo vi o vocalista deles (que eu já esqueci o nome.. hehe..) falando na MTV esses dias. Não tenho nada contra os caras, é até um som legal.. mas vi um monte de crítico e gente que diz que entende de música "babando" pro disco novo deles como se fosse a "nova salvação" do rock and roll. Tá loco.....
Ira! - sou fã número 1 do som dos caras. Assisti um show deles na terra dos parentes no interior, e foi um dos melhores shows que eu vi na minha vida (com direito a ver o Scandurra fazendo um solo de guitarra com o cabo de ligação sonora da mesma). Mas aí a eles serem "a banda" de 2004 em termos de repercussão (com o CD acústico da MTV deles; com a Pitty ainda por cima!), é sinal que algo está fora do lugar no rock brasileiro... hehehehe.
Orkut - é um fenômeno da internet aqui no Brasil, e não tenho nada contra tb (tb uso o dito de forma viciante..hehehe).. mas não sei pq ráios ele me lembra dos anos 80 e da minha infância.. talvez seja pq tenha (e estou) reencontrando vários colegas de ginásio e colegial...(apesar de essa fase da minha vida ter se passado nos anos 90.. hehehe..) .. talvez seja o sentimento saudosista que me faça lembrar de coisas daquela época como He-Man, Jaspion e minha bicicleta caloi (que eu, por sinal, consegui destruir numa dessas quedas mirabolantes e traumatizantes.. hehehehe..).
Esses são alguns exemplos dentre vários que me remetem a ver imagens da Xuxa, do "capitão-caverna" e da "formiga atômica" em algumas das minhas alucinações noturnas... hehehehehe...
Isso tudo me faz ter saudade da época em que comecei a escutar os caras aí do título da postagem... biênio 96/97... tardes na frente da MTV acompanhando alguns clipes... o meu favorito: Do you know what I mean? ... aquela introdução com pitadas psicodélicas.. a batida seca da bateria... as guitarras distorcidas.... a banda cantando em meio àqueles helicópteros militares... aquela altivez saudável que a música e o clipe transmitiam... aquela postura "bad boy fake" e sarrista (pois nunca levei a sério as encrencas dessa dupla).... enfim, todo aquele rock and roll.... pois é, onde está aquele rock and roll??!!...
Depois dessa postagem eu só posso chegar a uma conclusão: eu estou ficando velho!!!... hehehehehehe..

3 comentários:

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

Capitãããããããããão Caveeeeeeeeeeeernaaaaaaaaaaaaaaa!
Opa!
Bem, se vc está ficando velho o q será de mim??? oh meu deusinho cristinho!
Os Gallaghers andam fazendo falta, nessa época, eles estavam por cima da carne seca... lembro q eram até primeiro lugar no top 20 com a Sabrina ahhaaahah
Espero que não tenha alucinações com paquitas ahauauahahahaauaahahauahha
beijo!

Cristina disse...

Os Gallagher fazem falta, sim. Mas eu não sinto tanto, mesmo porque costumo ouvir pelo menos (no mínimo) um disco do Oasis por semana. E eles vão voltar, só estão enrolando pra lançar o disco novo.
Não gosto muito de The Cure, mas Ira!... vc tem razão, são ótimos, melhor que Paralamas, por exemplo.
E eu espero nunca ter alucinações com Xuxa, Deus me livre!
Todos estamos ficando velhos. Eu te digo: depois dos 25 piora, viu? hehe

beijos!

Ah! Passa lá no meu blog; tem bolo!!! ;]

Thiago Ocampo disse...

Cara, eu tenho a mesma idéia de que estou ficando velho qdo me deparo com certas coisas. Com td isso só espero que o cd dos Gallagher valha mesmo a pena, se bem que eu sempre vou escutar Oasis, em qquer circunstância.
[]'s