segunda-feira, 17 de julho de 2006

The Lunatic is in the sky...

(Syd Barrett)

* 06/01/1946

+07/07/2006



Com um certo atraso, eu deixo a minha homenagem aqui.

Morreu no dia 07 passado um dos maiores expoentes que a música pop já teve. Roger "Syd" Barrett foi guitarrista e fundador da banda Pink Floyd. Aquela mesmo que vocês sabem que eu sou fã.


Deixou como legado um álbum que é um dos maiores clássicos do rock and roll: The Piper at the Gates of Dawn (1967). Junto com todo um jeito de se fazer música que se seguiu às suas "pirações" musicais. Só pra se ter uma idéia, Thom Yorke, Bjork, Sigur Rós e companhia limitada nem sonhariam em existir sem aqueles acordes distorcidos e viajantes que saíam das suas guitarras.

Sem falar no próprio Pink Floyd, que baseou toda a sua carreira no "modelo musical" desenvolvido pelo nosso caro lunatic.

Pena que sua produção musical foi curta devido ao descontrole com as drogas. O exemplo típico de como qualquer vício (tantos os necessários quanto os desnecessários), quando levado ao extremo, detona com qualquer corpo vivo.

Bom, em resumo, o cara era um gênio. Quem já ouviu os quatro minutos e pouco de viajem sonora provocados pelos acordes da canção Astronomy Domine sabe do que eu estou falando. Ademais, convoco a quem ainda não escutou as músicas do rapaz a descolar pelo menos essa música. Vale a pena.

E que o sujeito mais romântico e pirado que já surgiu no mundo da música descanse em paz. Pois ele merece. Esse sim, um verdadeiro "Che Guevara" do rock and roll.

Um comentário:

Cristina disse...

Eu fico com vergonha, sabe, de não conhecer essas coisas e essas pessoas...

;]