sexta-feira, 8 de setembro de 2006

pensamentos no café da manhã

Cá estou eu, sentado com uma tijela de cereal e escutando Oasis na frente do computador. Não coloquei a "buzanfa" aqui na cadeira pra escrever algo de especial. Assim como minha amiga Cris tem seus "ordinary posts", é só uma postagem com pensamentos vagos e cotidianos. Ás vezes penso que minhas postagens são megalomaníacas demais.
-----
Não sei, eu não me sinto só, mas invariavelmente tenho um sentimendo de vazio em relação às pessoas que me cercam (seja física ou virtualmente falando). Sei lá, um certo imobilismo. Talvez seja um sentimento social geral (andei reparando nisso também). Dá impressão que as pessoas andam muito desacreditadas, sem sonhos. E obviamente que estou no meio disso também. Ando me sentindo muito "atado". O pior é que acho que 90% desse imobilismo é por culpa minha mesmo.
-----
Em contraponto, hoje soube de uma atitude oposta, de "desatamento", que me deixou muito feliz. Principalmente porque tem a ver diretamente comigo e com uma pessoa que eu gosto muito. Aliás, meio que inconscientemente, a gente conversa direto sobre isso.
-----
Estou adquirindo aos poucos uma pérola musical do Roberto Carlos de 1965. "Roberto Carlos canta para a juventude". E, sinceramente, eu nunca vi esse álbum numa pratelheira de loja de CDs. Enquanto os britânicos celebram Beatles e toda a produção cultural pop clássica de lá, nós ficamos aqui na falta de memória e na pindaíba. Dá raiva até.
-----
Um dia se eu tiver problema de vazamento de gás aqui no meu apê, com certeza, eu não vou morrer por sufucamento ou envenamento. Existe uma verdadeira "avenida" de corrente de vento que corta o dito cujo. O mais legal é que minha cama fica bem no meio disso tudo. E nesses dias de frio congelante, estou tendo que ter uma verdadeira mente de McGyver pra elaborar soluções que bloqueiem essa "avenida".
-----
A lista de hoje:
* crunch (cereal)
* bis branco
* pão de forma
* coca-cola
* chá-verde
* cds virgens
* um broche dos Beatles.
-----
Mãos à obra.
(detalhe: meu café da manhã está terminando quase depois do meio-dia).

Um comentário:

Cristina disse...

1-Eu inventei isso de "ordinary post" porque nem sempre o que se quer escrever tem um tema definido, ou mesmo qdo não tenho idéia alguma de um título. Se quiser pode usar também, mas eu vou cobrar royalties. rs
2-Eu não sei definir o que sinto :/. Quer dizer, às vezes eu sei, mas não ultimamente.
3-Não é legal fazer listas? rsrs

;]
beijo!