quarta-feira, 15 de novembro de 2006

vida de solteiro

São interessantes as peculiaridades inerentes a vida de solteiro, especialmente se você for homem. Talvez seja a única oportunidade que você poderá ter na vida de fazer com que uma lata de leite condensado perca a validade.

Convenhamos que tem que ser bom pra fazer isso. As que estão na minha dispensa venceram a 3 meses, e só me dei conta disso hoje quando tive a idéia muito oportuna de fazer uma panela de brigadeiro. Resultado: fiquei "a ver navios".

Sem falar em outras coisas bizarras que acontecem dentro da geladeira e que você só se dá conta quando resolve promover uma "expedição" lá dentro. Você se sente o verdadeiro Amyr Klink se aventurando entre icebergs e geleiras de onde surgem seres até então desconhecidos e não catalogados pela espécie humana.

Mas é legal. Ter a experiência de ser responsável sozinho por uma miríade (muito chique isso) de tarefas que antes eram compartilhadas com seus familiares é algo que só te deixa uma pessoa mais "forte" (com aspas sim) e segura de si mesmo. Afinal, esse é o derradeiro caminho a se percorrer pra buscar o sentido de toda a "gororoba" que é a vida.

3 comentários:

jn disse...

deve ser muito chato acordar, ter q fazer cafe, tudo sozinho. deus me livre dessa vida hehehehe

Cristina disse...

Eu acho que todo mundo deveria morar sozinho por um tempo na vida. Pra aprender a se virar e a dar valor às coisas que de outra forma passam despercebidas.
No mais, eu tenho medo da sua geladeira. E do seu forno também :p

;]

Bruna_ disse...

ahh eu moro com mais três, mas é como se fosse só. prefiro assim.
já disse lá em cima que eu tenho medo.
preciso de uma segurança contra uma barata, ou contra os estalos dos móveis de madeira que me assustam
hahaha