segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

eu estou cansado de roer osso..


..mudanças são necessárias, preciso colocá-las em prática. Pra que sempre desfrutou de bons bifes e carne de qualidade, roer osso é uma experiência fundamental, e enriquecedora. É algo que te transforma muito, no que tange a personalidade, ao mesmo tempo que te faz enxergar o mundo de uma maneira, digamos, muito mais "pesada". E isso é bom.
O problema é que passar a vida mastigando osso também não é uma boa política, a não ser que você seja um ser masoquista/idealista/maluco. Depois que o aprendizado da experiência passa, a coisa precisa voltar a sua trajetória normal. E eu estou pensando em como fazer isso, com os meus próprios pés, braços, cabeça e boca (um desafio).
Fazendo as contas, 1 ano e quatro meses de osso entre os dentes. É hora de mirar o filé.

3 comentários:

Cristina disse...

Pensar que você vai "roer osso" uma única vez na vida é iludir-se. O aprendizado da experiência nunca passa, Alê, só mudam as experiências, certo?
Agora, contentar-se com o osso já é outra história. Ninguém nasceu pra ficar só roendo; td mundo tem direito a dias de filé mignon. Mas precisa afiar os dentes antes.
beijo!

Anonymous disse...

Grande Alexandre

grandes mudanças à frente,
para melhor.

Somos aquilo em que acreditamos.

Transformamos a realidade.

Nossos passos compõem o Caminho.

Querer é poder.

Seja sempre feliz.

Aurelius

Menina Enciclopédia disse...

hmmm, está muito metafórico pra mim rss