terça-feira, 3 de abril de 2007

George Foreman Grill, o jabá

Bom, eu não costumo fazer propaganda de eletrodomésticos no meu blog, mas vou abrir uma exceção. Hoje inaugurei o meu "George Foreman Grill". Na verdade, todo mundo conhece essa firulinha. Qualquer um que teve acesso a um aparelho de TV nos últimos 5 anos já viu Mister George Foreman pagando o maior mico com esse avental brega fazendo cara de bobo-alegre pra vender essa grelha elétrica.
Essa postagem num primeiro momento pode parecer algo pra lá de tosco e idiota, mas ela tem uma razão de ser. É porque o negócio é bom mesmo, extremamente útil pra "solteiros preguiçosos pós-modernos" como eu. Como eu sei que alguns "solteiros preguiçosos pós-modernos" visitam esse blog (olha a carapuça!), fiz questão de escrever aqui antes de dormir hoje.
O único trabalho realmente grande que você tem que ter é ir no supermercado comprar umas fatias de bife. E dar uma limpada rápida na grelha depois do uso (essa foi a parte que eu mais gostei). Na verdade, o que me deixou feliz foi que reduzi meu tempo médio de preparo de uma janta de umas 2 horas pra uns 25 minutos (por favor, não se assustem, mas essa era a realidade). Vocês não sabem como isso é importante pra mim.
Enfim, era só pra dizer que vale a pena comprar essa "mão na roda", sem constrangimentos. Sendo que eu sempre via a propaganda na TV e achava o negócio o maior engodo mercadológico do planeta.
Valeu George! Tem coisas que só o "american way of life" faz pra você: dá uma cevada na sua preguiça culinária suburbana tupiniquim, e enche a conta bancária do negão lá no norte.

2 comentários:

Cristina disse...

Eu nunca entendi direito, isso é uma grelha, então? Não desmerecendo a praticidade do negócio, eu acho que essas coisas servem pra alimentar a nossa preguiça rs.
beijo!

Anonymous disse...

uahahaaha acho q vou comprar um pra mim rss se funciona rss (regina)