sábado, 30 de agosto de 2008

"Double Fantasy" (1980)

(John Lennon & Yoko Ono - Double Fantasy - 1980)

Eu comecei a gostar de música escutando a coleção de vinis do meu pai. Entre as melhores preciosidades, esse era um dos destaques. Aquela capa dos dois amantes se beijando sempre me chamava a atenção dentro dos meus parcos 10, 11 anos de idade. Eu não conhecia nada. Meu mundo se resumia a Jaspion, Balão Mágico, e Show da Xuxa. Poderíamos até arriscar que esse trabalho do Lennon moldou meu gosto musical. A partir daí comecei a ouvir os outros LPs dos Beatles (incluindo um original importado do "Please Please Me" - 1962) guardados na coleção do "véio", e a coisa desenrolou.
O encarte era, ou melhor, é (eu ainda tenho o álbum) surrado, o disco "pipocava" do começo ao fim (não estava no melhor dos estados de conservação - acho que meu pai andou emprestando pra alguém, ou detonou o dito na vitrola), mas eu acionava a agulha, deitava no sofá, e me transportava pra outro planeta.
Junto com "Plastic Ono Band" (1970) e "Imagine" (1971), esse disco forma a tríade dos melhores trabalhos solo do homem que liderou a maior banda de todos os tempos. Mas ao contrários dos outros dois, o "Double Fantasy" perde alguns pontos por um pequeno e escrotíssimo detalhe: a Yoko canta e assina metade das músicas. Lembro inclusive o trabalho hérculo que tinha na época de ter que ficar tirando e pondo a agulha o tempo inteiro pra poder pular as faixas da japa. A dupla fez o favor de alternar as músicas no esquema uma pra mim uma pra você na sequência. Um pé no saco. Mas vamos pra parte boa.
Esse álbum marca a volta do ex-beatle depois de um hiato de 5 anos na carreira parado pra cuidar da família. Muito superior aos petardos irregulares que ele vinha produzindo nos trabalhos predecessores, o álbum é muito bem produzido. "(Just Like) Starting Over", Cleanup Time", "I´m Losing You", "Beautiful Boy (Darling Boy)", "Watching the Wheels", "Woman", toda a seqüência de faixas do Lennon são boas, gostosas de ouvir. E pra não dizer que todo o "lado Ono" do disco é desprezível, ficou legal "I´m Moving On" da moça logo após "I´m Losing You" do beatle, formando um "quase meddley" interessante.
De qualquer maneira, pra mim, o grande destaque do disco fica com a faixa "Watching the Wheels". Uma das minhas canções favoritas de todos os tempos. Mostrando um Lennon maduro, com um olhar sereno sobre o mundo e sua própria arte.
Era o começo de uma nova fase, com um músico renovado, que tinha tudo pra produzir (mais) grandes pérolas musicais. Infelizmente tinha um idiota no meio do caminho, que interrompeu a trajetória de um traço humanista belíssimo.
Lennon morreu em dezembro, mas não sei porque sempre lembro da sua morte em agosto. Um dos motivos que me fez recuperar este álbum esses dias. Audição que recomendo, como sempre, para tudo e todos.
And here we go again:



People say I'm crazy doing what I'm doing
Well they give me all kinds of warnings to save me from ruin
When I say that I'm o.k. well they look at me kind of strange
Surely you're not happy now you no longer play the game

People say I'm lazy dreaming my life away
Well they give me all kinds of advice designed to enlighten me
When I tell them that I'm doing fine watching shadows on the wall
Don't you miss the big time boy you're no longer on the ball

I'm just sitting here watching the wheels go round and round
I really love to watch them roll
No longer riding on the merry-go-round
I just had to let it go

Ah, people asking questions lost in confusion
Well I tell them there's no problem, only solutions
Well they shake their heads and they look at me as if I've lost my mind
I tell them there's no hurry
I'm just sitting here doing time

I'm just sitting here watching the wheels go round and round
I really love to watch them roll
No longer riding on the merry-go-round
I just had to let it go
I just had to let it go
I just had to let it go

("Watching the Wheels" - John Lennon)

"Double Fantasy" - Setlist:

01. "(Just Like) Starting Over" (John Lennon)
02. "Kiss Kiss Kiss" (Yoko Ono)

03. "Cleanup Time" (John Lennon)
04. "Give Me Something" (Ono)
05. "I'm Losing You" (John Lennon)
06. "I'm Moving On" (Ono)
07. "Beautiful Boy (Darling Boy)" (John Lennon)
08. "Watching the Wheels" (John Lennon)
09. "Yes I'm Your Angel" (Ono)

10. "Woman" (John Lennon)

11. "Beautiful Boys" (Ono)
12. "Dear Yoko" (John Lennon)
13. "Every Man Has a Woman Who Loves Him" (Ono)

14. "Hard Times Are Over" (Ono)


Bonus tracks on 2000 re-release:

15. "Help Me to Help Myself" (John Lennon)
16. "Walking on Thin Ice" (Ono)
17. "Central Park Stroll" (dialogue)

4 comentários:

Garota no hall disse...

Tadinha da Yoko Ono... só uma música se salva. Já me chamaram de Yoko, sabia? Tem a ver com aquela história velha do meu ex, sairam falando que a banda não deu certo por minha causa (ele e outro cara gostavam de mim)... hahahaha...

fabiana disse...

Engraçado, toda vez que penso em Lennon e sua carreira solo, me vem 'Woman' na cabeça e a capa desse disco!

Fico feliz de não ser a única a pular as faixas de Yoko... hahahaha

Aline-NC disse...

Eu tenho uma certa preguiça de trabalhos solo dos ex-Beatles, é como se o "encanto" só funcionasse com a banda junta ... Mas se eu venci esta preguiça com o Paul, eu venço com o John também! :)

Sobre o layout : Eu tinha ficado em dúvida entre a imagem da Lua e a da Terra vista da Lua. Mudei pra ficar diferente mesmo, não se sinta culpado :) Afinal, os nossos leitores e fãs (???) merecem a variedade de belas imagens! Hahahaha

Cristina disse...

Até estranhei qdo falou das músicas cantadas pela Yoko - nunca ouvi por aqui! rs
Acho que gosto mais do Paul solo, mas talvez seja só uma questão de me acostumar.