sexta-feira, 3 de outubro de 2008

bolinando a urna

Todos preparados pra colocar o dedo lá? Bom, espero que sim.
Até anteontem estava sem candidato a vereador. E convenhamos que não existem muitas opções empolgantes pra esse cargo pra lá de subestimado no sistema político tupiniquim. Consegui encontrar alguns seres confiáveis e cheguei à minha escolha graças a uma das melhores iniciativas que já surgiram no âmbito da sociedade civil para a fiscalização da atividade política profissional: a ONG Transparência Brasil.
Relatórios estatísticos sobre assiduidade, quantidade de projetos propostos, aprovados, rejeitados, estão lá todos os dados que "desnudam" a atuação dos vereadores de Porto Alegre, do Rio, e de São Paulo. Além de muito material sobre a atuação dos nossos nobres congressistas de Brasília e um bacanudo "mapa de riscos de corrupção".
Link obrigatório nos favoritos de quem sabe da importância da consciência política pro exercício da cidadania. Fica a dica.
No mais, domingão estarei lá por debaixo das arcadas do Mosteiro de São Bento pra escolher os seres diferenciados que serão responsáveis pela administração, legislação e fiscalização da belíssima cidade que me acolheu por especiais três anos da minha existência. Não podia deixar passar a oportunidade, vou votar com tesão, estejam certos disso.

5 comentários:

Sunflower disse...

aqui os candidatos estão trevas, por na urna, e só na urna, vou votar em Branco não importa de que partido ele seja. Depois, volto ter meu humor negro de sempre.

Thank ya pelo elogio. Levo muito a profundo essas superficialidades estéticas.

Cecilia disse...

Tenho medo de vereadores. Nesta província, há um palhaço que animava as festas infantis nos anos 80/90, e um tal "japonês do funk". Ainda prefiro o palhaço.

Cristina disse...

É muito bom que hj em dia a gente tenha acesso a essas informações. Se mesmo assim já é difícil escolher candidato, imagine qdo se fazia isso às cegas. Quer dizer, tem gente que vota em qquer um, por qquer motivo que normalmente não tem nada a ver com capacidade administrativa e ética, mas não tem mais desculpa pra esse tipo de comportamento.

Aline-NC disse...

Se você vai votar com tesão, eu vou como uma moça que foi abandonada no altar : desiludida e sem expectativas... Ainda assim, espero escolher o melhor para a "província", como disse a Cecília mais acima (pois é, temos que aturar o tal "Japonês do Funk" e o Palhaço...)

Garota no hall disse...

Vc sabe, justifiquei. Mas se eu tivesse transferido o título antes, faria o possível para não votar nulo.