segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

anotações planaltinas

Minha mais nova estada na capital federal está chegando ao fim. 10 dias que passaram mais rápido do que eu imaginava. Mas na medida do possível deu pra aproveitar o tempo, e a cidade. Dessa vez com um diferencial, eu pude "viver" Brasília, e não só ser mais um turista.

(as famosas faixas de pedestre de Brasília; aqui é só acenar que os motoristas param.. bom, pelo menos uma parte deles)

Tirando uma gripizinha que me deixou uns três dias detonado, consegui desenvolver uma certa rotina, o que implica em andar de busão pela capital federal, uma verdadeira aventura medieval. Aliás, taí um grande problema local, se você não tiver um carro ou moto, tudo fica muito mais complicado. Brasília não tem calçadas, ouso arriscar que uns 60%, 70% das ruas aqui não possuem calçamento lateral, é tudo gramado e/ou jardins. E o transporte público é pra lá de deficitário. Se virar à pé por aqui é bem escroto, mas eu consegui.

(perambulando..)

Em termos eminentemente humanos, Brasília "pulsa" na tríade formada por sua famosa rodoviária central e os dois shoppings laterais que a circundam. Esse foi o meu circuito: Super Quadras Asa Norte - Shopping Pátio Brasil / Brasília. Ali deu pra conhecer mais do cerne urbano da cidade, as pessoas, as fisionomias, o "viver" brasiliense. Uma mistura muito interessante de "caras" nordestinas, indígenas e "sul-caucasianas", tudo ali na bagunça do cruzamento do Eixo Monumental com o "Eixão" Norte-Sul. Ali eu enxerguei realmente Brasília, com um incipiente cosmopolitismo que lembra vagamente São Paulo. Até "emos" eu visualizei perambulando pelos shoppings locais.

(enchendo o bucho.. com picadinho de bode)

Enfim, essa viagem mais longa me deu a oportunidade de conhecer o lado urbano da capital do país que não está na propaganda nem no esteriótipo. O "tempero" humano que normalmente é eclipsado pela grande e magnífica arquitetura local. Pude constatar finalmente que a propalada "frieza" do centro do poder nacional fica ali mesmo, nos gabinetes e prédios burocráticos, nas grandes, opulentas e vazias mansões que circundam o lago Paranoá. Brasília "pulsa" no seu núcleo. Com pessoas de todos os tipos e estirpes buscando seu lugar ao sol (e que sol!), vivendo, sorrindo, gritando, cochichando, fofocando nos pontos de ônibus, nas esquinas, nas pequenas lojas. Brasília é humana, e confesso que isso foi uma bela e entusiasmante descoberta.

(na prosa com "Kubicha" e sua adorável e recatada esposa Sarah..)

9 comentários:

Sunflower disse...

você moraria aí?

beijas

Cecilia disse...

(ah, droga, meu blog realmente não aparece nas atualizações. Só percebi depois de um tempo. O problema sou eu? - olha a insegurança até no mundo virtual :P )

Sou louca para conhecer Brasília, sei-lá-porque-raios. Me parece uma cidade interessante, assim como São Paulo. Um dia ainda vou, mas preciso primeiro passar por Minas Gerais.

Aline-NC disse...

Brasília? É, pode ser, algum dia, quem sabe. Gosto de uma "cidade grande" :)
(Mas... BODE???)

Garota no hall disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Garota no hall disse...

Gostei do seu relato braziliense (com "Z"? Sempre me lembro do jornal quando vou escrever). Quem sabe um dia, talvez, eu vá conhecer a cidade.

Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

o q me deixa preocupada se passar em algum concurso aí é calor, precisarei urgente de ar condicionado pra viver nesse deserto!
olhas pernocas do alexandre! auaahahahah (ficou vermelho lá lá lá! auauahahaah)

Cristina disse...

Acho Brasília uma cidade sui-generis. Apesar de ter passado pelo menos umas 2 semanas (não-consecutivas e em épocas diferentes) em Brasília, acho que não consegui superar a fase de "deslumbramento" de turista e vivenciar mais o cotidiano da capital federal como você fez agora. Não sei dizer exatamente se gostaria de morar lá. Ainda a sinto como turista eventual mesmo.

Sagitário. Com Touro. disse...

oi. tô aqui pra dizer q postei este seu comentário no meu blog "a pé em brasilia". o link é este aqui:
http://apeembrasilia.blogspot.com/2009/07/anotacoes-planaltinas-por-alexandre.html

Sagitário. Com Touro. disse...

valeu. : *