quinta-feira, 13 de agosto de 2009

pausa para o informe publicitário (9)



Lá atrás você desenha uma miríade de possibilidades. Ali na frente você se dá conta de que elas convergiram para o vácuo, ou se transmutaram na sua variante oposta.

É, não é mole. Bom, mas também nunca me disseram que seria.

Um comentário:

Cristina disse...

Sempre tenho vontade de chorar qdo ouço essa música...